2.1.07

2007 e a criação de novos verbos

eu nirvano
tu nirvanas
ele nirvana
nós nirvanamos
vós nirvanais
eles nirvanam

4 comentários:

Doria Darcie disse...

Obrigada pelo pensamento budista e pela visita.

Anônimo disse...

grande princesa suméria, sempre queimando um... beijos

Su disse...

Hehehehehe!
Quem me dera, querida, quem me dera. Isso talvez justificasse muito da minha pasmaceira.

Beijos.

Marcelo disse...

A beatitude budista, isto é, a extinção da individualidade e sua absorção na divindade. Sempre gostei dessa palavra e de seu significado mais profundo. Nirvanemos pois...